Flores que combinam com a primavera

Atualizado: 4 de Nov de 2020

A primavera é considerada a estação das flores, pois nessa época várias espécies florescerem e encantam nossos dias com muito mais beleza e perfume.


Que tal aproveitar para cultivar plantas que combinam com essa bela estação do ano em casa?


Nós reunimos algumas espécies para você escolher. Confira!

Agapanto


O agapanto é uma planta nativa do sul da África e pode chegar a até 1 m de altura, apesar de possuir variedades menores, que atinge, 30 a 60 cm de altura.

Seu nome tem origem grega e significa "flor do amor". O cultivo dos agapantos é mais indicado em jardins, mas algumas variedades dessa planta também podem ser cultivadas em vasos.


Os agapantos gostam de climas mais quentes para se desenvolver, superior a 18°, mas também se adaptam a temperaturas mais baixas.O ideal é colocá-los em um lugar onde haja incidência de luz solar direta. Também florescem em locais de meia-sombra, mas precisam receber luz solar direta por pelo menos algumas horas.


Você encontra o agapanto em cores mais suaves, que dão às flores belíssimos tons, como roxo, azul e branco.


Jasmim-manga


A jasmim-manga é uma planta popularmente cultivada por causa de sua beleza, seu perfume e também pela variedade de cores de suas pétalas, que podem ser brancas, brancas e amarelas, vermelhas ou rosadas.


Essa planta é cultivada em várias partes do mundo, e uma curiosidade interessante é que suas flores são muito usadas em acessórios de festas havaianas, como colares, coroas e pulseiras. A jasmim-manga carrega esse nome pois seu perfume recorda as flores da jasmim, e as folhas remontam às da mangueira.


Para cultivar essa planta, você pode plantá-la diretamente no solo em um vaso. O que você não pode esquecer é de deixá-la sempre em ambientes externos, como varandas e quintais. Isso se deve porque o perfume das flores é persistente e bem forte, e, além disso, a planta precisa de incidência de luz solar constantemente.


A rega deve ser feita cerca de três vezes por semana, molhando a planta quando o solo estiver bem seco. Se desejar plantar a jasmim-manga em um vaso, crie uma camada de drenagem utilizando brita ou argila expandida. No preparo do solo, use uma mistura de 50% de terra vegetal e 50% de areia média de construção. Coloque húmus de minhoca para deixar a mistura mais fértil e saudável.


Margarida


As margaridas são plantas fáceis de se cuidar e, além disso, possuem cores fantásticas.

Pelo fato de não suportar raios de sol fortes, ela é ideal para a atual estação.

Você pode usar diferentes tipos de solos para plantá-las e elas germinam entre 7 e 21 dias.

Nunca se esqueça de adubá-la com uma certa frequência e também de regar quando a superfície do solo estiver seca.

Gardênia


A gardênia é uma planta que possui uma grande variedade, são mais de 250 espécies. A mais popular dentre elas é a chamada gardênia augusta ou jasmim do cabo.


Essa planta é muito encantadora. Suas flores brancas combinadas as folhas em tom verde escuro deixam qualquer lugar mais bonito, e o perfume que ela exala, além de super cheiroso, também tem efeito calmante.


A gardênia não gosta de excessos quando o assunto é clima. Ela prefere locais com temperatura mais amena e muita umidade no ar.


Além disso, essa é uma espécie de planta que gosta bastante de ventilação, o que também evita que ela adquira algum tipo de doença. Por isso, busque um lugar ventilado e com incidência direta do sol, que também é necessário ao seu crescimento.


Você pode plantá-la sozinha ou com outras plantas da mesma espécie, sem problemas. Deve-se dar atenção ao solo. A gardênia gosta de solo fértil, formado por compostos orgânicos e adubo granulado. A rega deve ser feita para deixar o solo úmido mas não encharcado. As podas garantem a saúde da planta e devem ser feitas após a floração.


Bromélia


A bromélia é uma planta que também possui rica variedade de espécies. Ela tem um visual que chama a atenção: suas folhas formam uma espécie de roseta e suas cores encantam a todos os olhos. Pela sua beleza e aspecto exótico, é uma planta muito usada em ornamentações de jardins e canteiros.


Ela é um pouco espaçosa mas pode ser cultivada em vasos sem problemas. Entretanto, opte por cultivá-las em vasos de barro ou cerâmica, que dão mais estabilidade à planta e mantém seus substratos frescos. Busque colocar a planta em espaços de ventilação e onde haja incidência da luz do sol. Quanto mais escura a folha dessa planta, de mais quantidade de luz ela precisa.


A maioria das bromélias utilizam de suas raízes para se fixarem ao solo. Por isso, ao regar, molhe as folhas e não o solo. Uma ótima hora para fazer a rega é no fim do dia, quando a noite está começando, pois o ciclo de respiração da planta contribui para absorver a umidade.


Muitas pessoas se preocupam com o fato de se desenvolverem mosquitos da dengue no reservatório natural de água que a bromélia possui, mas isso pode ser resolvido. Basta colocar uma pequena folha de outra planta no reservatório ou um pouco de terra. Isso evita o desenvolvimento das larvas do mosquito sem prejudicar a planta. A bromélia não exige podas de manutenção, apenas precisa que sejam retiradas as folhas secas ou danificadas.


Agora que você pegou as dicas, é só escolher a planta e cultivar com muito amor!

Beijaflores Decorações de Eventos   www.beijafloresdecoracoes.com.br  - Floricultura Juiz de Fora

Logo-Fabulare.png